INCRÍVEL! Matias é 3º lugar em raios em Minas Gerais, e 7º no Brasil

raiois Matias barbosa

Raios podem causar mortes e danos materiais.

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT)  divulgou as dez cidades brasileiras com maior concentração de raios (descargas elétricas na atmosfera). Matias Barbosa se destaca entre os 5.570 municípios do país ficando em em 3º lugar no estado, e 7º lugar no país – com maior concentração de raios (por Km) nos últimos 15 anos . 43% das mortes por raios acontecem durante o verão, quando a incidência de raios aumenta devido às condições climáticas da época; alta temperatura e calor. Homens lideram lista de vítimas, e aparelhos elétricos podem queimar com raios.  As informações são baseadas nos dados do sensor orbital LIS (Lightning Imaging Sensor).

ELAT é o primeiro grupo de pesquisa sobre raios, e fez um levantamento sobre os municípios brasileiros mais atingidos pelas descargas elétricas.  A pesquisa aponta que cidades vizinhas à Matias estão à frente em número de raios. Juiz de Fora ocupa o 1º lugar em Minas e 5º no Brasil, seguido por Belmiro Braga em 2º no estado e 6º no país. Na lista de Minas todas as 10 cidades são da região da Zona da Mata mineira. No geral a cidade de Porto Real (RJ) lidera o ranking

Ranking de raios em Minas Gerais;

Ranking de raios no Brasil;

Mortes por raios

Segundo o ELAT, a probabilidade de um homem morrer por raio é 4,5 vezes maior que uma mulher, e a cada três mortes duas ocorrem ao ar livre. O homem é maioria na atividade agropecuária, e as mortes no campo são mais frequentes e representam 25% das vítimas atingidas por raios. A maioria das mortes acontece na região sudeste do Brasil.

Aparelhos elétricos queimados

O raio libera uma descarga elétrica que pode seguir pelos fios da rede elétrica da casa, ou fios de telefone e de antenas, ocasionando a queima de aparelhos elétricos. Se o matiense teve algum aparelho queimado, ele pode pedir o ressarcimento à  Cemig (distribuidora de energia elétrica). A empresa informa que o prazo para solicitação é de até 90 dias corridos a partir da data do ocorrido, e o resultado do deferimento do pedido sai em até 15 dias. Mais informações em cemig.com.br.

Como se proteger dos raios

Raios atingem redes elétricas, postes, árvores, tudo que facilite a descarga elétrica chegar à terra. O ideal é que as construções tenham o sistema de para-raios; uma proteção que dispersa a descarga e evita que raios atinjam a rede elétrica, queime aparelhos, ou machuque alguém.

As projeções indicam que em torno de 70 mortes por raios no Brasil devem acontecer  em 2017 .

Confira o vídeo do ELAT para se previnir dos raios

Você sabia? 
 (fonte: ELAT)
1 – A que distância pode-se ouvir o trovão?
Um trovão dificilmente pode ser ouvido se o raio acontecer a uma distância maior do que 20 quilômetros.
2 – Qual a intensidade do trovão?
A intensidade de qualquer som é geralmente dada em decibéis. Um trovão intenso pode chegar a 120 decibéis, uma intensidade comparável à que ouve uma pessoa que está nas primeiras fileiras de um show de rock.
3 – O trovão oferece algum perigo?
Embora o som ensurdecedor de um trovão assuste a maioria das pessoas, em geral ele é inofensivo. Contudo, o deslocamento de ar pode derrubar uma pessoa que esteja muito perto do local de incidência do raio, podendo até causar sua morte.
4 – Existem raios em outros planetas?
Sim, evidências de raios já foram observadas em outros quatro planetas do sistema solar: Vênus, Júpiter, Saturno e Urano.
5 – As cidades influenciam a ocorrência de raios?
Pesquisas já indicaram visíveis aumentos de incidência de raios em áreas urbanas. Essa maior incidência de raios está relacionada ao aumento de temperatura (fenômeno conhecido como ilha de calor) e de poluição nos centros urbanos.
6 – O raio pode atingir locais diferentes no solo?
Sim, um raio é formado por mais de uma descarga e algumas delas podem atingir o solo em locais diferentes. Em cerca de 50% dos raios negativos, mais de um ponto é atingido no solo.
7 – O que são raios?
Raios são descargas elétricas de grande intensidade que conectam o solo e as nuvens de tempestade na atmosfera. A intensidade típica de um raio é de 30 mil Ampères, cerca de mil vezes a intensidade de um chuveiro elétrico. A descarga percorre distâncias da ordem de 5 km.
8 – Qual a duração de um raio?
Um raio pode durar até dois segundos, mas dura em geral cerca de meio a um terço de segundo. No entanto, cada descarga que compõe o raio dura apenas frações de milésimos de segundos.
9 – Um raio pode cair duas vezes em um mesmo lugar?
Pode. Geralmente os raios caem mais de uma vez em um mesmo local quando este apresenta grande incidência de raios. Como exemplo podemos citar o monumento Cristo Redentor, que é atingido anualmente por cerca de seis raios.
10 – A energia de raio é grande?
Não. Embora a potência de um raio seja grande, sua pequena duração faz com que a energia seja pequena, algo em torno de 300 kWh, equivalente ao consumo mensal de energia de uma casa pequena.
11 – Um raio pode atingir diretamente uma pessoa?
A chance de uma pessoa ser atingida diretamente por um raio é muito baixa, sendo em média menor do que 1 para 1 milhão. Contudo, se a pessoa estiver numa área descampada embaixo de uma tempestade forte, esta chance pode aumentar em até 1 para mil. Entretanto, não é a incidência direta do raio a maior causadora de mortes e ferimentos. Geralmente são os efeitos indiretos associados a incidências próximas ou efeitos secundários dos raios que trazem risco. As descargas também provocam incêndios e queda de linhas de energia.
12 – Se uma pessoa for atingida por um raio, o que pode acontecer?
A corrente do raio pode causar queimaduras e outros danos a diversas partes do corpo. A maioria das mortes de pessoas atingidas por raio é causada por parada cardíaca e respiratória. Grande parte dos sobreviventes sofre por um longo tempo de sérias seqüelas psicológicas e orgânicas.
13 – Como saber se o raio caiu perto?
A luz produzida pelo raio chega quase instantaneamente à visão de quem o observa. Já o som (trovão) demora um bom tempo, pois a sua velocidade é menor. Para obter a distância aproximada da queda do raio, em quilômetros, basta contar o tempo (em segundos) entre o momento em que se vê o raio e se escuta o trovão e dividir por três.
14 – Espelho atrai raios?
Não. A crença surgiu na época em que os espelhos tinham grandes molduras metálicas – elas, sim, um grande atrativo para os raios. Não há necessidade de cobrir espelhos durante uma tempestade.
15 – Por que o Brasil é o país campeão mundial em incidência de raios?
No Brasil, caem 50 milhões de raios por ano e a explicação é geográfica: é o maior país da zona tropical do planeta – área central onde o clima é mais quente e, portanto, mais favorável à formação de tempestades e de raios.
16 – O que são raios negativos e positivos?
Raios negativos são raios que trazem cargas negativas da nuvem para o solo e positivos são os que trazem cargas positivas.
17 – Qual a diferença entre relâmpagos e raios?
Relâmpagos são todas as descargas elétricas geradas por nuvens de tempestades, que se conectam ou não ao solo. Já os raios são somente as descargas que se conectam ao solo.
18 – O que é o trovão?
Trovão é o som produzido pelo rápido aquecimento e expansão do ar na região da atmosfera onde a corrente elétrica do raio circula.